Um jovem de 22 anos, de nacionalidade filipina, morreu esta tarde na praia do Louriçal, uma praia não vigiada no concelho de Sintra, depois de alegadamente ter entrado na água para recuperar um drone que havia caído, acabando por desaparecer no mar, anunciou a Autoridade Marítima Nacional.

“Na sequência de um alerta recebido pelas 15:50, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), a informar para o desaparecimento de uma pessoa na praia do Louriçal, foram activados de imediato elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Cascais e da Estação Salva-vidas de Cascais, bem como dos Bombeiros Voluntários de Almoçageme, para efectuar buscas no local”, refere a AMN em comunicado.

De acordo com as autoridades, “a vítima foi encontrada já sem vida junto a uma zona rochosa de difícil acesso face às condições meteorológicas que se faziam sentir, tendo os tripulantes da Estação Salva-vidas de Cascais conseguido recuperar e transportar o corpo para a marina de Cascais, onde foi declarado o óbito pelo Delegado de Saúde”.

Foi contactado o Ministério Público, tendo o corpo sido posteriormente transportado pelos Bombeiros Voluntários da Parede para o Instituto de Medicina Legal da Guia, em Cascais.

Segundo foi possível apurar, o jovem encontrava-se a operar um drone na praia do Louriçal, acompanhado por um amigo, tendo entrado na água para tentar recuperar o equipamento que havia caído devido ao vento que se fazia sentir no local, acabando por desaparecer no mar.

O Comando-local da Polícia Marítima de Cascais tomou conta da ocorrência.

 

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade