O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, durante a mensagem de Ano Novo, a partir da ilha do Corvo, nos Açores, 01 de Janeiro de 2020. FOTO: MIGUEL FIGUEIREDO LOPES/PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA/LUSA

O Presidente da República desejou hoje um 2020 “de esperança”, com um “Governo forte, concretizador e dialogante”, uma “oposição forte e alternativa” e pediu que se concentrem esforços “na saúde, na segurança, na coesão e inclusão”.

Numa mensagem de Ano Novo, a partir da ilha do Corvo, nos Açores, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que, em Portugal, “esperança quer dizer Governo forte, concretizador e dialogante para corresponder à vontade popular que escolheu continuar o mesmo caminho, mas sem maioria absoluta”, numa referência ao executivo minoritário do PS, chefiado por António Costa.

A esperança também significa “oposição forte e alternativa ao Governo”, acrescentou, na mensagem em que confessou a sua admiração pelos “corvinos e açorianos”, que vivem no meio do Atlântico e em que também pediu “capacidade de entendimento entre os partidos, quando o interesse nacional assim exija”.

Como já tinha dito na posse do actual Governo minoritário do PS, em Outubro, em que falou dos recursos limitados do país, o Presidente pediu que se concentrem esforços em várias áreas chave ou prioridades.

“Concentremo-nos em 2020 na saúde, na segurança, na coesão e inclusão, no conhecimento e no investimento, convertendo a esperança em realidade”, acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa enumerou algumas áreas que considera importantes este ano, a começar por uma “justiça respeitada, porque atempada e eficaz no combate à ilegalidade e corrupção”.

As Forças Armadas têm que ser “por todos tratadas como efectivo símbolo de nacional” e as forças de segurança “garantes de autoridade democrática”, assim como a comunicação social terá de ser “resistente à crise financeira que a vai corroendo” e o poder local “penhor de maior coesão social, descentralizando com determinação e sensatez”.

Mas para que estes objetivos sejam alcançados, afirmou ainda, é preciso “crescimento, emprego e preocupação climática duradouros”, dando atenção à “inovação na ciência e tecnologia”, na área da educação.

E pediu uma “mobilização cívica” para que “com esse crescimento” seja possível enfrentar “chocantes manchas de pobreza, estrangulamentos na saúde, carências na habitação, urgências para com cuidadores informais e sem-abrigo”.

“Em suma, esperemos e trabalhemos. Repito: trabalhemos e não só esperemos para um ano de 2020 melhor do que 2019”, disse.

Na sua mensagem de Ano Novo, a quarta desde que é Presidente, Marcelo afirmou que o desejo de “um ano melhor” é o seu “voto amigo”, mas “mais do que isso”, o seu “assumido compromisso” num ano que é “um novo ciclo”, no Mundo, na Europa e em Portugal.

No Mundo, afirmou o chefe de Estado, o ano deveria ser de “superação de guerras comerciais entre grandes potências”, na defesa dos direitos humanos ou de “maior atenção” ao apelo do secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres.

Assim como ao problema das alterações climáticas, enquanto na Europa “a esperança” é que eleitos e eleitores “evitem adiamentos”, “não hesitem no combate climático”, que “promovam crescimento e emprego”, apontou.

 

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade