O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, intervém na iniciativa “Desportistas no Palácio de Belém” com a presença do ex-futebolista Luís Figo, que tem como objetivo aprofundar o interesse dos jovens pelas diferentes modalidades desportivas, através de encontros entre alunos e desportistas, no antigo Museu dos Coches, em Lisboa, 29 de outubro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deu hoje entrada no Hospital de Santa Cruz, em Oeiras, para fazer um cateterismo, anunciou o próprio à porta desta unidade hospitalar, em declarações à SIC.

O chefe de Estado disse que o exame que irá realizar, sem anestesia geral, servirá para “analisar o estado em que se encontra um determinado vaso sanguíneo, um preciso” e poderá ou não justificar uma posterior intervenção.

“Ou não é preciso nenhuma intervenção, ou é preciso intervenção muito pequena, imediata, que é colocar ‘stent’, um ou mais, ou, coisa que espero que não aconteça, é preciso uma intervenção de maior fôlego, imediata ou a prazo”, explicou, declarando-se “muito tranquilo”.

Em direto na SIC, Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que levou livros para ler naquele hospital do distrito de Lisboa, e que tem estado a acompanhar o debate do Programa do Governo na Assembleia da República, tendo ouvido a intervenção do primeiro-ministro, António Costa.

O Presidente da República revelou há cerca de três semanas, no programa da SIC Alta Definição, que tinha marcado um cateterismo, após ter feito exames de cardiologia, que “genericamente estão bem, mas restou uma dúvida”, porque na sua família há um histórico de problemas cardíacos.

O chefe de Estado adiantou que o cateterismo seria “para ver em relação a um determinado vaso sanguíneo em que há acumulação de cálcio se essa acumulação de cálcio está num grau que é excessivo, se não está num grau que é excessivo, e o que é que isso significa”.

O vaso sanguíneo em causa situa-se “não no coração, não em tudo o que é fundamental, a começar nas carótidas para a irrigação do cérebro – a cabecinha é fundamental para o exercício desta função”, referiu, na altura.

Neste contexto, Marcelo Rebelo de Sousa reiterou que a sua saúde será um fator determinante para a sua decisão sobre uma recandidatura ao cargo de Presidente da República, sobretudo tendo em conta o seu “estilo de presidência, que é uma presidência próxima, também fisicamente”.

Estas declarações abriram o Jornal da Noite da SIC no dia 10 de outubro e a sua entrevista ao programa Alta Definição, de Daniel Oliveira, foi emitida na íntegra no dia 12 de outubro.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade