GNR de luto – Facebook

O segundo militar da GNR atingido por uma viatura na semana passada na Autoestrada 1 morreu hoje, avançou a corporação, expressando “as sentidas condolências” à família e elementos do Destacamento de Trânsito de Santarém.

“A Guarda Nacional Republicana está de luto. As sentidas condolências à família e amigos da militar do Destacamento de Trânsito de Santarém, que faleceu hoje, vítima do trágico acidente do dia 07 de julho, zelando pela segurança dos cidadãos. Cabo Vânia Martins, 31 anos”, refere a corporação numa mensagem na rede social twitter.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, também já emitiu uma nota de pesar.

“Foi com profunda tristeza que tomei conhecimento do falecimento da cabo Vânia Martins, na sequência do grave acidente ocorrido no cumprimento da sua missão, numa patrulha do Destacamento de Trânsito da GNR de Santarém”, escreve Eduardo Cabrita, na nota de pesar.

O ministro transmitiu ainda, em nome do Governo, um voto de pesar e de solidariedade aos familiares, amigos e a todos os militares da Guarda Nacional Republicana.

A Guarda Nacional Republicana está de luto.As nossas sentidas condolências e apoio à família e amigos da nossa militar…

Publicado por GNR – Guarda Nacional Republicana em Segunda-feira, 13 de julho de 2020

Vânia Martins estava internada no hospital depois de ter ficado ferida com gravidade numa colisão, na passada terça-feira, entre um automóvel e um carro-patrulha na Autoestrada 1, entre o nó de Torres Novas e a área de serviço de Santarém.

O outro militar da GNR envolvido no acidente morreu na passada quarta-feira, um dia depois do sinistro.

Todas as mortes são de lamentar, principalmente as que acontecem de forma trágica e prematura, é o caso da nossa querida…

Publicado por Anjos em Segunda-feira, 13 de julho de 2020

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade