O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje, após ter alta hospitalar, que o estado da sua saúde “é um factor positivo na ponderação” sobre uma recandidatura, mas remeteu essa decisão para outubro de 2020.

“Tendo corrido bem esta cirurgia, e sendo a evolução seguinte positiva, isso é um factor positivo na ponderação que eu irei fazer daqui por um ano. Essa ponderação será, em qualquer caso, feita em outubro do ano que vem, não agora”, afirmou o chefe de Estado à comunicação social, à saída do Hospital de Santa Cruz, em Oeiras.

“É evidente que não escondo que é bom, mas é sobretudo bom para a minha saúde e para o desempenho deste mandato, realmente sentir-me melhor do que me sentia”, acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa declarou sentir-se “verdadeiramente melhor” do que quando deu entrada nesta unidade hospitalar do distrito de Lisboa, na quarta-feira, para fazer um cateterismo cardíaco que, segundo o comunicado da equipa médica, confirmou “a existência de obstruções coronárias importantes que foram tratadas no mesmo procedimento, com sucesso e sem complicações”.

O Presidente da República adiantou que deverá retomar “uma agenda normal” a partir de domingo ou segunda-feira e que está “com tanta energia” que terá uma série de iniciativas e compromissos de seguida.

“Para a semana teremos a Web Summit, terei de me lançar outra vez a uma tarefa que está agora com a chegada do inverno ainda mais premente, que é a dos sem-abrigo, e logo a seguir terei uma visita de Estado a Itália e logo a seguir uma ida a Paris a convite da Academia Francesa”, mencionou, observando: “Para quinze dias, não é mau”.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade