O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, intervém durante a sessão solene evocativa dos 200 anos da aprovação da Constituição de 1822, na Assembleia da República, em Lisboa, 23 de setembro de 2022. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

A Assembleia da República Portuguesa aprovou hoje a deslocação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, à Irlanda entre os dias 18 e 21 de outubro para uma visita oficial.

Esta deslocação foi aprovada com os votos a favor da maioria das bancadas parlamentares e dos deputados únicos do PAN e do Livre, à excepção do Chega, que se absteve. No final desta votação, o líder parlamentar do Chega anunciou a apresentação de uma declaração de voto.

Na carta enviada ao parlamento, o Presidente da República refere que “esta visita de Estado realiza-se na sequência do convite repetido, desde que visitou Portugal em 2015, do Presidente Michael Higgins, e esteve marcada para maio de 2020, tendo sido adiada devido à pandemia covid-19“.

Marcelo Rebelo de Sousa aponta que esta “viagem tem como objectivos estreitar a relação com as autoridades irlandesas, num contexto europeu, tendo em conta a situação do pós-Brexit e a relação com o Reino Unido, como como contactos com a comunidade portuguesa”.

E salienta que “desde 2004 que um Presidente da República português não se deslocava a este país amigo e parceiro na União Europeia“.

De acordo com a Constituição, o Presidente da República não pode ausentar-se do território nacional sem o assentimento da Assembleia da República.

FM // SF

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade