O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, cumprimenta o primeiro-ministro de Itália, Giuseppe Conte, à chegada para um encontro no Palácio Chigi, em Roma, Itália, 12 de novembro de 2019. JOSÉ COELHO/LUSA

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que Portugal e Itália não esquecem a importância da NATO e devem manter-se firmes nessa aliança, mesmo que haja aliados que às vezes se esquecem da Europa.

“Itália e Portugal e nós, europeus, temos de estar firmes nas alianças a que pertencemos e ser tanto ou mais aliados do que os aliados que, de vez em quando, se esquecem da Europa”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio do Quirinal, em Roma.

Tendo ao seu lado o Presidente italiano, Sergio Mattarella, que o recebeu durante a sua visita de Estado a Itália, o chefe de Estado português acrescentou: “Por isso, não nos esquecemos da NATO e da relação transatlântica, que é tão importante para o equilíbrio do mundo”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (E), cumprimenta o Presidente da República de Itália, Sergio Mattarella (D), durante a conferência de imprensa após um encontro no Palácio Quirinale, em Roma, Itália, 12 de novembro de 2019. JOSÉ COELHO/LUSA

Nesta intervenção perante a comunicação social, Marcelo Rebelo de Sousa voltou a manifestar-se contra “o protecionismo e o unilateralismo”.

“Só pode resolver-se aquilo que é essencial na humanidade com a liberdade económica, com o respeito das organizações internacionais e do direito internacional, com a procura da paz, com a construção de pontes, com a prioridade da política sobre o egoísmo meramente economicista ou financista”, defendeu.

Também o Presidente italiano falou sobre a importância da NATO como “fonte de paz, de segurança e de bem-estar para a Europa e para os Estados Unidos da América” e manifestou-se contra uma política comercial que seja “contraditória com o espírito da aliança transatlântica”.

Sergio Mattarella disse que “cada obstáculo deve ser superado para manter o papel fundamental desta aliança”.

Após as declarações dos dois chefes de Estado, não houve direito a perguntas por parte dos jornalistas.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou a Itália na segunda-feira, para uma visita de Estado que termina na quarta-feira, em Bolonha, em que está acompanhado pela secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, e pelos deputados à Assembleia da República Jorge Lacão, do PS, Adão Silva, do PSD, e Bruno Dias, do PCP.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade