Um bombeiro combate as chamas durante um incêndio no vale glaciar de Beijames, Covilhã, 09 de agosto de 2022. Este incêndio que deflagrou no sábado na localidade de Garrocho, no concelho da Covilhã (Castelo Branco). MIGUEL PEREIRA DA SILVA/LUSA

Três bombeiros e um sapador florestal sofreram hoje ferimentos ligeiros quando combatiam o incêndio que deflagrou no sábado na localidade de Garrocho, no concelho da Covilhã, disse o comandante Operacional Regional do Centro.

“Felizmente não há registo de vítimas mortais, nem feridos graves até ao momento, nem [problemas em] bens patrimoniais a registar. Não houve qualquer habitação afetada. Isso é motivo de regozijo. Tivemos quatro feridos ligeiros, três bombeiros e um sapador florestal”, afirmou António Ribeiro.

O responsável falava durante uma conferência de imprensa, realizada na Junta de Freguesia do Teixoso (Covilhã), sobre o incêndio que lavra desde sábado.

“De manhã, o trabalho realizado era claramente satisfatório. Tudo apontava para que iríamos ter sucesso – sempre com as devidas reservas -, mas não foi o que se verificou. Tivemos um início de tarde com condições muito adversas, com ventos que provocaram alguns reacendimentos extremamente fortes”, salientou António Ribeiro.

Às 21:10 (hora luxemburguesa), combatiam este incêndio 779 operacionais, apoiados por 243 viaturas e cinco meios aéreos, de acordo com a página da Protecção Civil.

CCC // VAM

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade