O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, durante a sua audição na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos Liberdades e Garantias, na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de julho de 2022. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Portugal continental vai permanecer em situação de alerta até quinta-feira, devido ao risco de incêndio, anunciou hoje o ministro da Administração Interna.

José Luís Carneiro falava aos jornalistas na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em Carnaxide, Oeiras, após uma reunião por videoconferência com os ministros da Defesa Nacional, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, da Saúde, do Ambiente e Acção Climática e da Agricultura e Alimentação para reavaliar a situação.

A situação de alerta, nível de resposta mais baixo previsto na Lei de Bases da Protecção Civil, está em vigor em Portugal continental desde as 00:00 de segunda-feira e até às 23:59 de hoje, tendo em conta que as temperaturas baixaram, depois de o país ter estado sete dias em situação de contingência.

“Prevê-se que a partir de dia 23 possa haver um recrudescimento das temperaturas”, disse o ministro, sublinhando que na quinta-feira será feita uma nova avaliação, para decidir a manutenção ou o agravamento do nível de alerta.

MLS/FAC // RBF

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade