Serviço de cuidados intermédios de doentes com Covid-19 no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, 20 janeiro 2021. No hospital de Gaia, são 101 os doentes internados em enfermarias e 15 os que estão nos cuidados intensivos, maioritariamente com 60, 70 e 80 anos. FOTO: ESTELA SILVA / LUSA

Portugal registou hoje 234 mortes relacionadas com a covid-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, e 13.987 casos de infecção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico de hoje revela também que estão internadas 5.779 pessoas, mais 149 do que na quinta-feira, das quais 715 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 13, dois valores que também representam novos máximos desde o início da pandemia de covid-19, a doença provocada pelo coronavírus SARS-Cov-2.

O número diário de novos casos activos também subiu sendo o mais alto de sempre. Estão hoje activos 157.660, um aumento de 6.434 casos nas últimas 24 horas.

GC // JMR

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade