Militares da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública aguardam para receber a vacina contra a Covid19, no Quartel de Conde de Lipe, em Lisboa, 13 de fevereiro de 2021. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O primeiro-ministro, António Costa, fixou hoje como objectivo vacinar 1,4 milhões de portugueses até “ao princípio de” abril, depois de já terem sido administradas mais de “meio milhão de vacinas”.

“Na semana passada, ultrapassámos o meio milhão de vacinas já administradas, o objectivo que temos é que, até ao princípio de abril, consigamos cumprir o objectivo de vacinar 1,4 milhões de portugueses entre aqueles que estão nos grupos de riscos prioritários e os que prestam serviços nos serviços essenciais”, afirmou António Costa.

O primeiro-ministro falava aos jornalistas no final de uma visita ao Quartel de Conde de Lippe, na Ajuda, em Lisboa, um dos locais onde arrancou hoje o processo de vacinação contra a covid-19 de efectivos da GNR e PSP.

António Costa reafirmou o objectivo de “chegar ao final do verão com 70% da população portuguesa devidamente vacinada”.

“Até ao final do verão temos um longo percurso, ainda estamos do inverno, ainda não chegámos sequer à primavera”, alertou, apelando a todos que prossigam até lá com as medidas de protecção individual.

SMA // EA

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade