Incêndio florestal / foto meramente ilustrativa

O presidente da Câmara Municipal de Góis disse hoje à agência Lusa que o incêndio em Góis está controlado, apesar de continuar a contar com mais de 300 operacionais no terreno apoiados por mais de 100 meios.

“O incêndio, felizmente, já está controlado. Não arderam casas de primeira habitação, apenas um ou outro barracão. A frente que está mais activa é a que está em direcção a Miosinho, mas está muito longe”, afirmou o autarca Rui Sampaio.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra, o alerta foi dado às 14:48 (*hora local) e, neste momento, segundo o ponto de situação efectuado às 18:55, combatem as chamas 349 operacionais apoiados por 96 viaturas e oito meios aéreos.

O incêndio deflagrou em Amioso Cimeiro, na freguesia de Álvares, a freguesia mais a sul do concelho de Góis, no distrito de Coimbra, e que faz fronteira com o distrito de Leiria.

Também no distrito de Coimbra, no concelho de Montemor-o-Velho, um incêndio, igualmente, em povoamento florestal, deflagrou pelas 16:52 (*hora local) e conta, neste momento, segundo a página oficial da protecção civil com 133 operacionais apoiados por 38 viaturas e um meio aéreo.

“Este incêndio já está controlado, ainda passou a autoestrada [A1], mas não foi preciso cortar”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão.

Este incêndio deflagrou em Volta da Tocha, na freguesia de Arazede e, pelas 16:00 (locais), a página da protecção civil classificava o combate como estando em fase de resolução.

ND com Lusa

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade