O Governo português aconselha os cidadãos que pretendam viajar para a Catalunha que planeiem os seus itinerários com antecedência e acompanhem as informações oficiais, devido aos protestos que estão a ocorrer nos últimos dias na região espanhola.

“As manifestações realizadas nos últimos dois dias em Barcelona e noutros locais da Catalunha têm afetado a mobilidade em algumas zonas”, lê-se no aviso divulgado na quarta-feira no Portal das Comunidades Portuguesas.

“Não estando excluída a ocorrência de eventos semelhantes ao longo dos próximos dias, aconselha-se a que planeie os seus itinerários com antecedência, a fim de poder fazer face a eventuais alterações na circulação, bem como a atrasos ou cancelamentos nos transportes rodoviários, ferroviários (incluindo metro) e aéreos”, refere a nota.

A nota do Governo português também recomenda que o cidadão “acompanhe os canais de informações oficiais, através das redes sociais, para conhecer informações atualizadas em matéria de tráfego e mobilidade em Barcelona e na Catalunha”.

O Supremo Tribunal espanhol condenou, na segunda-feira, os principais dirigentes políticos envolvidos na tentativa de independência da Catalunha a penas que vão até um máximo de 13 anos de prisão, desencadeando movimentos de protesto de grupos de independentistas em todo o território da comunidade autónoma espanhola mais rica.

Nas últimas três noites as manifestações na Catalunha, e sobretudo em Barcelona, ficaram marcadas por confrontos entre grupos violentos e as forças de segurança.

Cerca de 100 pessoas foram detidas e 194 agentes da polícia ficaram feridos desde o início dos protestos contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, anunciou hoje o Governo espanhol.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade