Silvina Queiroz, professora, escreve semanalmente no LUX24.

Está tudo louco e perigoso! Sempre houve problemas mas, comparando com o que temos no presente, estávamos bem melhor antes desta maldita pandemia que nos assolou sem aviso prévio. (Há para aí umas teorias da conspiração mas não embarco. Isto não querendo dizer que os nomes associados são de gente incapaz de fazer mal à Humanidade. Bem longe disso!).

Voltando ao assunto, a pandemia que agora começa a chamar-se endemia, deu “com os burrinhos na água”, como diz o povo. Parece que correu uma onda de insanidade que atingiu muitos. Demasiados!

Estou completamente estupefacta e revoltada com umas das “últimas” deste cantinho português. Já aí chegou a notícia certamente.

Então um senhor juiz (ou uma senhora juíza, não sei precisar), emitiu um despacho libertando um neonazi assumido, condenado por posse de armas ilegais e super implicado no assassinato de um jovem em 1995, de se apresentar quinzenalmente à Polícia, conforme havia sido obrigado pelo Tribunal?! Pergunto como pode ser isto possível, como pode?!

Sabe-se, porque o disse, que embarcou para a Ucrânia (!) e tal foi considerado pelo Tribunal como uma viagem em missão humanitária!

Humanista Mário Machado?! Desde quando? Depois de cumprir pena pelo seu envolvimento na morte de Alcindo Monteiro? Acredite quem quiser, eu não!

Naquela fatídica noite de 10 de Junho de 95, Alcindo foi brutalmente agredido por um grupo de neonazis vindos de um jantar comemorativo do Dia da Raça, a designação usada pelo fascismo, e que os skinheads anunciavam aos quatro ventos. Faleceu pouco depois.

Apanhou Machado quatro anos e meio pela “façanha”, uma coisa ridícula perante o que se passou: um crime de ódio racial, assim disse o Tribunal.

Agora alpendorou-se (e foi alpendorado) à “categoria” de “herói”!!! Os próximos capítulos hão-de constar das memórias das milícias de extrema direita ucranianas, quiçá do batalhão Azov!

Para tudo é precisa muita paciência mas este desplante eu não engulo. Eu e muitos outros.
Está ou não tudo louco? E perigoso.

Fiquem bem, fiquem em Paz. O Mundo precisa tanto dela!

Um abraço forte. SQ

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade