Silvina Queiroz, professora, escreve semanalmente às quartas no LUX24.

Aqueles que me vão lendo de quando em vez, já repararam como gosto de recuperar efemérides. Volta e meia, lá estou eu a lembrar uma figura ou um acontecimento a partir de uma data que lhe esteja associada.

Afinal, não faço mais do que fazemos cada vez que celebramos um aniversário, em acontecimento relevante das nossas vidas ou alguém que já partiu  e nos deixou com o travo amargo da saudade no coração.

Como também já vos disse, evito escrever sobre esta coisa horrível que atacou a Humanidade e nos mantém em iminente perigo, apesar dos avanços já conseguidos no combate e prevenção da malévola doença.

Hoje, foi mais um dia em que não conseguia decidir o assunto da minha humilde peça para o nosso LUX24. Vou de me socorrer da pesquisa das efemérides do dia! Péssima ideia!

Quase tudo o que aconteceu em 17 de Agosto de anos atrás, é triste, trágico, e em nada abonando em favor do que deveriam ser os valores humanos. Não citarei nenhum.

Deixo-vos a natural curiosidade mas garanto que os mais sensíveis se arrependerão. O que nos reservará o dia de hoje Temos que mais uns elementos soturnos a juntar à já extensa lista de infelicidades.

O País está a sofrer imenso, uma vez mais devastado por incêndios que vaõ consumindo a nossa riqueza natural, os bens das pessoas mais fragilizadas e o oxigénio de que dependemos para viver.

O Verão, este Verão, tem sido de descontentamento, como o Inverno de Steinbeck. Mas quem sabe não teremos uma ou outra boa notícia hoje ou por estes dias que nos dê alento e asas ao optimismo?!

Eu, optimista confessa, apesar das minhas grandes neuras e crises de desânimo, fico à espera dessas boas novidades.

Esperem comigo. Mas não sentados! De pé, alerta e de braços abertos para receber o que de bom terá de vir.

Cuidem-se, aproveitem os dias de lazer, sejam sempre felizes mesmo que o Sol teime em fazer-nos piçarras.

Um grande abraço. SQ

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade