Isabel Tavares, poetisa, escreve semanalmente, às segundas, no LUX24.

EU

Eu sou a história de muitas histórias
Eu sou a vida de muitas vidas
Eu sou a fonte em que bebo
E em que lavo as minhas feridas.

Eu sou o princípio e o fim
De uma história inacabada
Eu sou tudo o que há em mim
Mais o fim da minha estrada…

Eu sou triste e sou alegre
Tenho coragem e medos
Às vezes sinto-me leve
Mas noutras vezes degredos!

Sou o amor que há em mim
Mais os sonhos que me habitam
Sei cuidar do meu jardim
Por isso as rosas brotam…

AUTORIA: ISABEL TAVARES, 08-09-2017
(© Todos os Direitos de Autor Reservados)
Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos – Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de março – Diário da República n.º 61, Série I, de 14.03.1985