QUE O MUNDO SE MODIFIQUE!

Já se nota o colorido e os sorrisos no rosto…
Um tempo cheio de luz, estampado em cada rosto…
Que se calem os insultos, as guerras que desfaleçam,
Que o mundo se modifique, ódio e maldade pereçam!

Que haja pão com fartura… E amor no coração!
Que se elimine a tortura, que se pegue numa mão:
Sedenta de ter carinho, de secar todas as lágrimas,
De ter abrigo quentinho e não só promessas falsas!

Nascemos para ser felizes, do sítio donde viemos.
Mas esquecemos as “raízes” do que seremos e somos!
Só há guerras, crueldades, que esqueceram a beleza
Que se espalha e é de graça e atinge a natureza!

Tudo aquilo que espalhamos, a nós voltará um dia!
Olhemos para o que fazemos, sejamos fontes do bem,
Sorrisos de primavera, luz da paz e da alegria…
Pois tudo o que espalhamos, a nós voltará um dia!

AUTORIA: ISABEL TAVARES, 28-11-2019
(© Todos os Direitos de Autor Reservados)
Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos – Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de março – Diário da República n.º 61, Série I, de 14.03.1985 –

Isabel Tavares, poetisa, escreve semanalmente, às segundas, no LUX24.
Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade