Carne Crua, Rubem Fonseca

Sextante Editora, 2019

 

Contos como tiros, balas que destroem limites ou ideias estanques de literatura. Escrever com a força da água que galga barragens, invade terras, enxurrada em uma ou duas páginas. Sentem-se confortáveis, preparem uma bebida, é livro que se começa e acaba, rasgando o leitor de cima abaixo. Como uma personagem na mesa da autópsia.

Ler Rubem Fonseca é sair da sala confortável em que abrimos o livro, correr favela acima, desviar o corpo dos tiros, sentir a morte na crueza das cidades.

É diferente. Transformador. O horror é poesia.

Vinte e seis textos fazem esta “Carne Crua”. Histórias da cidade depois da hora, depois da decência, depois da vida até. Escreve o crime, a urbanidade doente, cidades em sangue, com as palavras das ruas, vernáculo. Ler é estar lá, é descobrir beleza nas mãos que estancam o sangue depois do assalto, podiam ser as nossas.

Ao mesmo tempo que dói, cura. Palavras duras, belas. Calão. É a construção Rubem Fonseca. Mata e apaixona ao mesmo tempo. Não há truques. Ler é estar lá. A escrita é descomplicada, ou assim parece. Lê-se com uma simplicidade que leva tudo à frente. Não há nada igual a Rubem.

“Rubem Fonseca é um verdadeiro mestre na arte de esfolar a pele das palavras até deixar as histórias em carne viva. Neste seu mais recente livro, o autor reuniu vinte e seis textos que, embora mantenham a crueza de assassinatos, traições e injustiças sociais, trazem também a avidez das descobertas, a delicadeza das histórias de amor e umas trocas de olhar com a poesia.” (Sinopse Sextante Editora)

As leituras de Márcia Balsas quinzenalmente no LUX24. FOTO © Gil Cardoso

[Márcia Balsas nasceu em Coimbra, em 1977. Foi na infância, na Figueira da Foz, que se apaixonou pelos livros. Descobriu, com o tempo, que a leitura é a melhor das viagens e nunca sai de casa sem (pelo menos) um livro. Procura o silêncio. Esquece-se do relógio e do telemóvel sempre que pode. Um dia vai acordar numa casa feita de livros. Talvez amanhã.]

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade