EU SOU PORTUGUESA E FIGUEIRENSE

Não queria ser doutro povo,
doutra terra, doutro canto,
eu queria estar onde estou.
No meu pais, o meu berço,
neste doce e terno encanto.

Sou portuguesa de gema,
sou portuguesa de sangue,
minha pele canta o sol,
canta a luz deste país,
e o mar que eu amo tanto.

Eu sou portuguesa na alma…

Nos olhos e no coração,
na rota dos marinheiros,
descobridores doutros mundos
a Ínclita geração, que foi tão longe
no mundo… Elevou esta Nação!

Sou do fado, sou da saudade,
que trespassa corações,
Figueira, a minha cidade,
com a Praia da Claridade
uma das minhas paixões.

Eu sou: Portuguesa e Figueirense!

AUTORIA: ISABEL TAVARES, 09-01-2021
(© Todos os Direitos de Autor Reservados – Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos – Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de março – Diário da República n.º 61, Série I, de 14.03.1985)

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade