Um tribunal francês condenou hoje um cidadão português a 30 anos de prisão pelo homicídio da mãe e pela tentativa de homicídio do pai, ocorrido em Plaisir, nos arredores de Paris, em 2016.

A pena aplicada ao português Luís Carlos Freitas de Carvalho, de 31 anos, foi hoje anunciada na Cour d’Assises des Yvelines, na cidade de Versalhes, onde decorria o julgamento desde segunda-feira.

O português estava acusado do crime, perpetrado a 15 de março de 2016, devido a várias dívidas ligadas à adição ao jogo, sobretudo apostas desportivas.

Em fuga, o português foi encontrado e detido três dias depois e confessou, então, ter estrangulado a mãe e dado um golpe na cabeça do pai com o cabo de uma picareta.

De acordo com o Le Parisien, Luís Carlos Freitas de Carvalho teria confessado que pretendia matar os pais, deitá-los na sua cama e incendiar a casa para receber o seguro e pagar as suas dívidas, que ascenderiam a 200.000 euros.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade