PHILIP CROWTHER - TWITTER

O jornalista Philip Crowther, da Associated Press e correspondente da RTL Luxemburgo nos Estados Unidos, foi obrigado a esconder-se depois de ouvir tiros na George Floyd Memorial Square (Praça George Floyd), em Minneapolis.

Philip Crowther estava em directo quando foram ouvidos tiros, ontem, na homenagem a George Floyd, que há um ano (25 de maio de 2020) foi assassinado em Minneapolis, estrangulado at’e à morte pelo agente policial Derek Chauvin.

O momento do tiroteio de ontem ficou registado quando o repórter relatou ter ouvido cerca de 30 tiros a dois quarteirões de distância.

As autoridades locais disseram depois que uma pessoa ficou ferida na sequência dos tiros.

Esta terça-feira (25), várias marchas e vigílias foram realizadas nos Estados Unidos para marcar um ano da morte de George Floyd.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade