Inundações em Bad Neuenahr, Alemanha, 15.07.2021 (Photo by Bernd LAUTER / AFP)

O mau tempo no oeste da Alemanha, que provocou inundações e o desabamento de casas, causou pelo menos 42 mortos, segundo um novo balanço divulgado hoje pela polícia e serviços de socorro.

O distrito de Euskirchen (Renânia do Norte-Vestfália) conta com 15 vítimas mortais, precisou a polícia local, adiantando que “ainda não foram encontrados todos os corpos”.

No distrito de Ahrweiler, na Renânia-Palatinado, contam-se 18 vítimas mortais, indicou a polícia de Coblence através da rede social Twitter. Nesta região também estão desaparecidas muitas pessoas.

No leste da Bélgica, em Verviers, foram encontradas hoje quatro vítimas mortais das inundações, disse à agência France Presse o procurador da cidade, confirmando informações da imprensa.

Segundo a televisão belga RTBF, aquele número faz subir para seis o balanço de mortos das inundações devido às chuvas torrenciais que atingiram nos últimos dias sobretudo a região da Valónia. As cidades de Theux, Pepinster e Spa, todas perto de Verviers, foram as mais afectadas.

A chanceler alemã, Angela Merkel, declarou-se hoje “impressionada” com a severidade das inundações na Alemanha, disse hoje um porta-voz do Governo.

“Estou impressionada com a catástrofe que tantas pessoas têm de suportar nas áreas inundadas. A minha solidariedade vai para as famílias dos mortos e desaparecidos”, escreveu na rede social Twitter, em nome da chanceler, o porta-voz do Governo alemão Steffen Seibert.

As fortes chuvas dos últimos dias afectaram vários países europeus, incluindo o Luxemburgo, França, Itália, Suíça e Países Baixos.

PAL // PMC

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade