O Governo dos EUA anunciou em Maputo uma ajuda no valor de 109 milhões de dólares (97 milhões de euros) para os sectores sociais em Moçambique, incluindo para a assistência humanitária às vítimas dos ciclones Idai e Kenneth.

A directora-executiva da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) em Moçambique, Jennifer Adams, assegurou a canalização do apoio, falando após a assinatura de emendas a três acordos de cooperação com Moçambique.

“Hoje estamos destinando mais 109 milhões de dólares para a jornada de desenvolvimento de Moçambique”, declarou Jennifer Adams, após rubricar os entendimentos com o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, José Pacheco.

Com a formalização da assistência financeira, vai subir para 288 milhões de dólares (257,8 milhões de euros) a ajuda norte-americana para áreas sociais em Moçambique em 2019.

O pacote financeiro anunciado será encaminhado para os sectores da saúde, educação, agricultura, conservação da biodiversidade, bem como água e saneamento.

“Como maior doador mundial de assistência humanitária, o Governo dos Estados Unidos também está a investir em recursos significativos para ajudar as pessoas afectadas pelos ciclones que devastaram o centro e norte de Moçambique”, frisou a director-executiva da USAID.

Por seu turno, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, José Pacheco, destacou o momento da assinatura dos acordos, assinalando que o país deve urgentemente mobilizar recursos para a reconstrução das áreas afectadas pelos ciclones Idai e Kenneth.

“Trata-se de uma assistência que ocorre no momento em que o país se depara com inúmeros desafios, particularmente a mobilização de recursos para a reconstrução das áreas afectadas pelos ciclones Dineo, Idai e Kenneth e pelas cheias e inundações na região centro e norte”, declarou Pacheco.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade