Polish President Andrzej Duda flashes V-signs after addressing supporters with his wife Agata as exit poll results were announced during the presidential election in Pultusk, Poland, on July 12, 2020. - Poland's right-wing head of state Andrzej Duda was ahead by a tiny margin in the presidential run-off against Warsaw's liberal mayor, an exit poll on on July 12, 2020 showed, starting a tense wait for the official results (Photo by JANEK SKARZYNSKI / AFP)
O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, ao lado da esposa Agata, durante o anúncio dos resultados das Presidenciais na Polónia, em Pultusk, 12.07.2020 – FOTO: JANEK SKARZYNSKI / AFP

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, cumprimentou hoje o Presidente reeleito da Polónia, Andrzej Duda, a quem desejou sucesso no desempenho das suas funções, mas deixando uma nota sobre a importância do Estado de direito.

De acordo com uma mensagem publicada no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa “cumprimentou o Presidente da República da Polónia, por ocasião da sua reeleição, expressando votos de sucesso para o desempenho das altas funções que agora reiniciará”.

Na mesma mensagem, lê-se que o chefe de Estado português congratulou o seu homólogo polaco “sublinhando a importância da defesa e contínua promoção dos valores fundacionais do projeto europeu, nomeadamente o Estado de direito, a solidariedade e a coesão, bem como dos princípios que nos unem no contexto internacional, mormente o multilateralismo, a defesa dos direitos humanos, o diálogo e a cooperação”.

O conservador Andrzej Duda venceu no domingo a segunda volta das eleições presidenciais, com 51,21% dos votos, derrotando o candidato da oposição, Rafal Trzaskowski, anunciou hoje a Comissão Eleitoral da Polónia, após a contagem de 99,97% das assembleias de voto.

Andrzej Duda foi reeleito para novo um mandato de cinco anos como Presidente da Polónia.

Apoiado pelo Partido da Lei e da Justiça, no poder, Duda defendeu os “valores tradicionais” durante a campanha eleitoral, num país fortemente marcado pelo catolicismo.

Os conservadores usaram uma retórica considerada discriminatória contra a comunidade LGBT e foram acusados de transformar a televisão pública num instrumento de propaganda em favor de Duda.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade