[foto arquivo] O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi - FOTO © LUSA

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, apresentou formalmente a demissão ao chefe de Estado, após ter perdido o apoio da coligação que o apoiava.

O primeiro-ministro apresentou a demissão ao presidente Sergio Mattarella hoje de manhã, de acordo com o gabinete da Presidência, que disse ter “tomado nota” da decisão de Mario Draghi.

De acordo com a Associated Press, o chefe de Estado quis saber se Mario Draghi quer manter-se em funções até à realização das eleições.

Sergio Mattarella deve marcar eleições antecipadas ou encarregar o primeiro-ministro demissionário a conseguir uma nova maioria capaz de finalizar o mandatou ou indicar uma figura “técnica ou institucional” que o possa substituir.

A decisão de Mario Draghi foi comunicada após os três parceiros da coligação governamental terem retirado o apoio ao primeiro-ministro durante uma moção de censura, no Senado, em Roma.

PSP // SB

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade