A líder do partido de extrema-direita Irmãos de Itália (FdI), Giorgia Meloni, foi encarregada pelo Presidente, Sergio Mattarella, de formar governo em Itália, anunciou hoje o secretário-geral da presidência.

Giorgia Meloni, de 45 anos, assumiu a responsabilidade, tornando-se na primeira mulher a ser chamada para o cargo na história do país e apresenta ainda hoje a composição do seu governo, que deverá tomar posse no sábado de manhã, no Palácio do Quirinal.

Meloni recebeu a missão de formar governo depois de vencer as eleições de setembro e do acordo conseguido com os seus parceiros de coligação, Matteo Salvini, da Liga, também de extrema-direita, e Silvio Berlusconi, do conservador Força Itália, dividindo ministérios e outras posições.

Ainda hoje deve regressar ao Quirinal para entregar ao chefe de Estado a lista com os membros do executivo, uma vez que a Constituição italiana estabelece que os ministros são nomeados por proposta do chefe do Executivo ao chefe de Estado, que tem poder de veto.

A transferência de competências com o primeiro-ministro cessante, Mario Draghi, terá lugar com a celebração do primeiro Conselho de Ministros.

ANP // PDF

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade