O Presidente brasileiro, Michel Temer, cuja impopularidade é recorde para um chefe de Estado nas últimas três décadas, foi esta sexta-feira vaiado no desfile militar comemorativo dos 196 anos de independência do Brasil, em Brasília.

Temer, que deixou a vice-presidência para assumir o cargo de Presidente do Brasil em agosto 2016, após a demissão de Dilma Rousseff, vai deixar e entregar a função, em janeiro do próximo ano, ao vencedor das eleições presidenciais de 07 de outubro.

De acordo com as últimas pesquisas, a popularidade do atual Governo não excede os 4%, o mais baixo para um Presidente desde que o Brasil voltou à democracia, em 1985.

Já as intenções de voto do candidato presidencial que representa o partido de Temer (PMBD), o ex-ministro das Finanças Henrique Meirelles, estão limitadas a 2%, o que o coloca como o oitavo na lista de favoritos.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade