Sete pessoas, incluindo duas crianças, morreram esta madrugada (14) numa cidade do sudoeste da França, durante um incêndio iniciado por uma explosão de origem ainda desconhecida.

Uma forte explosão foi ouvida cerca das 01:30 locais (a mesma hora no Luxemburgo) numa das principais artérias de Saint-Laurent-de-la-Salanque, localizada a cerca de 15 quilómetros de Perpignan, na zona dos Pirenéus Orientais, causando um incêndio em pequenos prédios de dois andares de ambos os lados da rua.

Durante a manhã de hoje, os socorristas encontraram os primeiros cinco cadáveres nos escombros dos edifícios, cujos pisos térreos eram ocupados por uma mercearia e um restaurante de ‘fast food’.

Ao meio-dia o número de mortos, ainda provisório, chegava a sete pessoas, incluindo duas crianças, segundo avançou o procurador Jean-David Cavaillé, citado pela agência francesa de notícias AFP.

Uma investigação foi aberta para determinar as causas da explosão.

“Ouvi uma explosão muito alta, depois vi grandes chamas”, descreveu Nadine Bret, de 59 anos, que mora num apartamento próximo.

“Depois ouvimos gritos, as janelas do outro lado da rua explodiram, o fogo começou na mercearia ou no restaurante térreo”, acrescentou, especificando que o restaurante de comida rápida estava a trabalhar no domingo à tarde.

Esta testemunha, assim como todos os moradores do bairro, foram retirados de suas casas pelos bombeiros e realojados na câmara municipal.

Vários carros de bombeiros estavam no local para garantir a segurança da zona, mesmo depois do fogo ter sido controlado, durante a madrugada.

As operações de resgate concentraram-se em dois pequenos prédios, considerados mais instáveis devido aos danos causados pelo incêndio.

Um homem de trinta e poucos anos foi retirado de emergência do local, depois de tentar escapar das chamas saltando do segundo andar de um dos edifícios afectados pelo incêndio.

“Os nossos pensamentos estão com as vítimas e as suas famílias. Vamos mobilizar-nos para os ajudar da melhor maneira possível nestas circunstâncias trágicas”, disse a câmara municipal de Saint-Laurent-de-la-Salanque, em comunicado hoje divulgado.

O ministro adjunto das Finanças de França, Olivier Dussopt, viajou hoje para a zona dos Pirenéus Orientais, e irá visitar o local do incêndio.

PMC // CC

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade