A Rússia registou hoje mais de 6.000 novos casos de covid-19 pelo segundo dia consecutivo, mais precisamente 6.148, e ainda 79 óbitos, de acordo com os dados apresentados pelas autoridades sanitárias russas.

Os números traduzem um aumento de mais de 1.000 infecções face aos valores diários notificados no início de setembro. No entanto, esta foi a primeira vez nos últimos cinco dias em que o número de mortos ficou abaixo de uma centena.

O comité governamental criado na Rússia para gerir a resposta à pandemia provocada pelo novo coronavírus esclareceu que entre os novos contágios, 22,7% são assintomáticos. Em termos regionais, Moscovo continua a ser o maior foco da doença, ao concentrar 860 novas infecções e 13 mortes, elevando o número total de casos letais na capital russa para 5.057, com 276.493 casos confirmados.

O país ultrapassou já os 1,1 milhões de casos, ocupando o quarto lugar a nível mundial, apenas atrás de Estados Unidos da América, Índia e Brasil. O total acumulado de óbitos associados à covid-19 na Rússia ascende já a 19.418.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 953.025 mortos e mais de 30,5 milhões de casos de infecção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade