O Reino Unido registou 4.368 novas infecções pelo novo coronavírus e 11 mortes devido a covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o ministério da Saúde britânico, que admitiu uma aceleração da pandemia.

No domingo tinham sido contabilizadas 3.899 novas infecções e 18 mortes, mas no sábado foram identificados 4.422 novos casos, o número mais alto desde maio.

O total acumulado no Reino Unido desde o início da pandemia da covid-19 passou hoje para 398.625 de casos de contágio confirmados e para 41.788 óbitos num período de 28 dias após um teste positivo.

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, admitiu hoje no parlamento não existir “dúvida de que este vírus está a acelerar”.

Na sexta-feira passada, o instituto de estatísticas britânico ONS indicou que na semana de 03 a 10 de setembro tinham sido identificados 6.000 casos de covid-19 em Inglaterra, quase o dobro da semana anterior, uma tendência que as autoridades estão a observar no resto do Reino Unido.

Numa conferência de imprensa esta manhã, o principal assessor científico do Governo, Patrick Vallance, disse que, se este ritmo continuar, em meados de outubro o Reino Unido poderá registar 50 mil casos diários.

“Cinquenta mil casos por dia levaria a, um mês mais tarde, em meados de novembro, a 200 mortes ou mais por dia”, avisou Vallance, alertando para a “rapidez com que isto pode evoluir se a duplicação continuar”.

Vallance e o diretor geral de Saúde de Inglaterra, Chris Whitty, defenderam a necessidade de medidas para abrandar esta tendência.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, vai fazer uma declaração oficial sobre a pandemia covid-19 no parlamento na terça-feira, após uma reunião do conselho de emergência, foi hoje confirmado oficialmente.

A reunião da manhã de hoje da Comissão para as Contingências Civis, conhecida por COBRA e responsável por determinar medidas para situações de emergência nacional, é a primeira desde 10 de maio.

A chefe do Governo autónomo da Escócia, Nicola Sturgeon, admitiu hoje que “vão ser aplicadas quase de certeza” nos próximos dias, enquanto que o Executivo do País de Gales anunciou um confinamento local nas regiões de Bridgend, Merthyr Tydfil, Newport e Blaenau Gwent a partir das 18:00 de terça.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 961.531 mortos e mais de 31,1 milhões de casos de infecção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade