Brazilian President Jair Bolsonaro (C) gestures during the National Agricultural Meeting in Brasilia, on August 10, 2022. (Photo by Sergio LIMA / AFP)

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, instou hoje dois juízes nomeados para presidir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski, – alvos frequentes dos seus ataques – a organizarem eleições “transparentes e calmas”.

Numa reunião no Palácio do Planalto, sede do Governo brasileiro, descrita como cordial e sem tensão, organizada na noite de quarta-feira, Bolsonaro recebeu convites dos juízes para participar na posse de Moraes como presidente do tribunal eleitoral e Lewandowski como vice-presidente, numa cerimónia que deverá ocorrer na próxima semana.

Segundo o jornal ‘O Globo’, a conversa entre os três foi positiva. Fontes ligadas ao Governo brasileiro garantiram confiar que o encontro serviu para iniciar uma nova etapa nas relações entre Bolsonaro e Moraes, responsável por alguns dos processos contra o Presidente brasileiro no Supremo Tribunal Federal (STF), que o juiz também integra.

Por sua vez, o TSE não está muito convencido de quanto tempo pode durar esse bom clima e suspeita que a proximidade da campanha eleitoral possa estar por trás dessa mudança de atitude, depois de no último ano Bolsonaro ter intensificado os seus ataques a Moraes e a outros juízes do STF.

Desde que foi eleito Presidente em 2018, Bolsonaro mantém uma cruzada particular contra as urnas electrónicas.

Bolsonaro tem colocado a sua fiabilidade em causa, bem como contra o sistema eleitoral e os juízes do TSE, sem apresentar nenhuma prova das suas alegações.

Moraes, a quem Bolsonaro acusou em várias ocasiões de liderar uma perseguição política contra si, tem sobre a mesa alguns dos cinco casos que o Presidente brasileiro tem em curso no STF, como o inquérito sobre a sua alegada participação em ‘milícias digitais’ criadas para disseminar notícias falsas contra adversários políticos e o sistema eleitoral.

Fontes do Palácio do Planalto disseram que Bolsonaro participará na posse de ambos os juízes em sinal de “respeito”.

O Presidente brasileiro também terá oferecido a Moraes uma camisa da equipa de futebol Corinthians durante a reunião de quase uma hora.

CYR // JH

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade
Publicidade