Cerca de 18 mil pessoas são esperadas domingo, em Roeser, no Luxemburgo, para assistirem ao concerto dos alemães Rammstein.

Apesar do preço pornográfico de 100 euros por bilhete, os 18.000 ingressos ‘voaram’ em apenas 4 horas, no dia em que foram colocados à venda pelo organizador Den Atelier.

Contudo, a organização anunciou recentemente a existência de estacionamentos VIP, perto do local do concerto – habituado a acolher o festival Rock-a-Field -, ao preço de “20 euros” por viatura (que inclui serviço de transporte ‘navette’ até ao local do espectáculo).

Estes preços, especialmente os 20 euros cobrados pelo alegado estacionamento VIP, são criticados pela União Luxemburguesa dos Consumidores (‘Union luxembourgeoise des consommateurs – ULC’), que os classificada de “preço exorbitante”.

“Além do preço elevado das entradas, ter ainda que pagar essas taxas de estacionamento exorbitantes. A ULC é mais uma vez da opinião de que são preços abusivos, permitindo, neste caso, aproveitar ao máximo o entusiasmo dos jovens pela música”, criticou, em comunicado, a União dos Consumidores Luxemburgueses.

 

 

Ainda que actualmente o Luxemburgo não tenha um estádio apropriado para receber concertos de grandes bandas mundiais, os alemães Rammstein regressam dia 20 de julho de 2019 ao Grão-Ducado, para atuarem ao ar livre em Herchesfeld, Roeser.

O concerto faz parte da digressão de estádios 2019, que servirá de promoção ao sétimo álbum da carreira, o homónimo “Rammstein”, editado este ano e sucessor de “Liebe ist für alle da” (2009).

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade