O PSD/Luxemburgo defende o recenseamento automático dos estrangeiros nas eleições comunais do Grão-Ducado, para residentes “com cinco anos consecutivos no país”.

Em comunicado, os sociais-democratas defendem que “a integração na sociedade também passa pela atribuição de responsabilidades políticas, verificando-se atualmente uma alienação por parte dos imigrantes na vida política do Grão-Ducado. O partido sugere que seja implantado o recenseamento automático nas eleições comunais, para residentes com cinco anos consecutivos no país”.

O PSD/Luxemburgo reitera a necessidade de integrar a sociedade imigrante na vida política do país devendo “ser promovida e fomentada a interligação com as diferentes forças políticas do Luxemburgo”.

A comissão política da seção do PSD/Luxemburgo, que esteve reunida no passado sábado com o objetivo de preparar o plano de atividades para 2019, felicitou ainda a nomeação do lusodescendente Félix Braz, como vice-primeiro-ministro.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade