A produção industrial no Luxemburgo caiu 2,3% em novembro de 2021 na comparação em cadeia e 2,5% na variação homóloga com o mesmo mês de 2020, indicam os dados hoje divulgados pelo Eurostat.

De acordo com os dados do gabinete europeu de estatísticas, o Luxemburgo foi um Estados-membros com as maiores quedas homólogas (-25%) e também com um dos maiores recuos (-2,3%) face a outubro.

Na zona euro, a produção industrial ajustada sazonalmente recuou 1,5% e manteve-se estável na União Europeia (UE) em novembro de 2021, em comparação com o mês homólogo de 2020.

Já na variação em cadeia, a produção industrial ajustada sazonalmente aumentou 2,3% na zona euro e 2,5% na UE, em comparação com outubro de 2021.

Entre os Estados-membros para os quais há dados disponíveis, as maiores quedas homólogas foram registadas na Irlanda (-30,4%), Malta (-7,8%), Alemanha e Luxemburgo (ambos -2,5%), enquanto os maiores aumentos se observaram na Lituânia (17,0%), Polónia (15,3%) e Bulgária (13,3%).

Face a outubro, os maiores avanços foram registados na Irlanda (37,3%), Polónia (5,9%) e República Checa (4,8%) e os principais recuos na Bélgica (-4,4%), Malta (-3,7%) e Luxemburgo (-2,3%).

De acordo com o gabinete estatístico da UE, em Portugal, a produção industrial subiu 0,2% na variação homóloga e 1,2% em cadeia.

ND com Lusa

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade