European Commission vice-president in charge for High-Representative of the Union for Foreign Policy and Security Policy Josep Borrell answers journalists questions prior to an EU foreign affairs council in Luxembourg on October 18, 2021. (Photo by Kenzo TRIBOUILLARD / AFP)

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, negou hoje qualquer reunião com o Irão, na quinta-feira, para o relançamento das negociações nucleares, como tinha sido avançado por Teerão.

“Não haverá reunião na quinta-feira. Se uma reunião fosse agendada, eu seria informado”, disse Borrell após uma reunião ministerial no Luxemburgo.

“As negociações devem ser realizadas em Viena, em data ainda não fixada. Eu disse aos iranianos que o tempo está a esgotar-se e que está a jogar contra eles”, acrescentou o chefe da diplomacia europeia.

“Os iranianos informaram (o negociador europeu) Enrique Mora da vontade de ter conversas preliminares comigo, mas esse desejo não foi especificado e não há nada de concreto”, explicou.

No domingo, deputados iranianos tinham anunciado a possibilidade de uma reunião na quinta-feira, em Bruxelas, para retomar as negociações sobre o acordo nuclear de 2015, suspenso desde junho.

Já hoje, o Ministério das Relações Exteriores iraniano disse que o negociador iraniano Ali Baghéri iria a Bruxelas na quinta-feira “para discutir as questões que ficaram sem resposta após as suas conversas com o negociador europeu Enrique Mora”.

Contudo, Josep Borrell disse não ter sido avisado sequer pelos iranianos da chegada do seu negociador.

“Não sou contra esse encontro e farei a reunião”, disse o diplomata.

A UE tem pedido aos iranianos que retomem as negociações iniciadas em Viena para salvar o acordo nuclear concluído em 2015 e que estão suspensas desde a eleição, em junho, de um novo Presidente iraniano.

Josep Borrell informou os ministros da UE sobre as negociações do enviado especial Enrique Mora, em Teerão, com a nova equipa de negociadores do regime iraniano e do seu encontro em Washington com o chefe da diplomacia norte-americana, Antony Blinken.

“As coisas estão a melhorar”, reconheceu Borrel.

Uma fonte da UE disse que “os iranianos ainda não estão prontos para retomar as negociações em Viena”, mas admitiu que as conversas possam ser retomadas em breve.

Os iranianos “querem esclarecimentos sobre o texto que está em cima da mesa (em Viena)”, explicou a mesma fonte.

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse estar disponível para voltar ao acordo nuclear com o Irão, com a condição de o Irão renovar os seus compromissos.

RJP // EL

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade