German Chancellor Olaf Scholz and Luxembourg's Prime Minister Xavier Bettel attend a news conference at the Chancellery in Berlin, Germany, March 1, 2022. (Photo by HANNIBAL HANSCHKE / POOL / AFP)

O primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, voltou hoje (01) a condenar a invasão russa à Ucrânia, classificando-a como “uma guerra contra a Liberdade”, durante uma visita de trabalho a Berlim, na Alemanha.

“É uma guerra contra a Liberdade e contra os valores que defendemos”, disse Xavier Bettel que, hoje, reuniu com o chanceler alemão Olaf Scholz.

A invasão da Rússia à Ucrânia e as suas consequências [nomeadamente ao nível da energia] foi um dos temas de conversas entre o líder do Executivo luxemburguês e o chanceler alemão na capital alemã.

A dependência do gás e do petróleo russos são motivos de preocupação, assim como a crise humanitária que já se faz sentir.

O Luxemburgo continua a defender a via “diplomática” para solucionar a situação, mas Xavier Bettel – que responsabiliza Vladimir Putin pela guerra – diz que a Rússia “não deve subestimar a determinação da NATO e da União Europeia.

ND // ND

 

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade