Um total de 28 pessoas foram interrogadas pela polícia, 22 das quais terão de se apresentar em tribunal até sexta-feira, no âmbito de uma vasta operação de combate à fraude no futebol belga, informou hoje o ministério público.

O juiz encarregado do processo emitiu também mandados internacionais para a detenção de duas pessoas suspeitas, que foram interrogadas em outros países, precisaram porta-vozes do Ministério Público, uma conferência de imprensa realizada em Bruxelas.

Entre as pessoas detidas para interrogatório estão um árbitro e vários dirigentes de clubes belgas, na sequência de uma investigação que abrangeu, além da Bélgica, mais seis países: França, Luxemburgo, Chipre, Montenegro, Sérvia e Macedónia.

A operação, desencadeada por suspeita de branqueamento de capitais, corrupção e fraude desportiva, envolve pessoas ligadas a nove clubes belgas, designadamente, Anderlecht, Club Brugge, Genk, Kortrijk, Malines, Ostende, Lokeren, Gent e Standard Liège.

A investigação teve como base um relatório da Unidade de Fraude Desportiva da Polícia Federal, de 2017, que revelou indícios de transações suspeitas na principal competição belga de futebol.

O escândalo foi revelado publicamente na quarta-feira, quando o ministério público belga anunciou que a polícia realizou cerca de 60 buscas por suspeitas de fraudes relacionadas com transferência de jogadores e manipulação de resultados na liga de futebol da Bélgica.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade