Cinquenta e cinco (55) peões perderam a vida nas estradas do Luxemburgo nos últimos 10 anos, revela o instituto nacional de estatísticas STATEC.

O estudo sobre pedestres vítimas de lesões corporais, elaborado pelo STATEC, revela que, entre 2009 e 2018, um total de 1.686 pedestres estiveram envolvidos em acidentes de trânsito nas estradas luxemburguesas, sendo que 55 pessoas morreram, 472 ficaram gravemente feridas, 1.145 ficaram ligeiramente feridas e 14 escaparam ilesas.

O número é, contudo, mais baixo comparado com a década anterior (1999 – 2008), em que 74 peões perderam a vida nas estradas grã-ducais.

O estudo detalha ainda o período entre 2016 e 2018, no qual 15 peões morreram nas estradas do Luxemburgo. Durante o ano de 2018, um total de 147 peões foram mortos ou feridos nas estradas do país. Ainda assim, um número inferior ao registado em 2017 e 2016 (180 e 182 pessoas, respectivamente).

Dados referentes ao período 2016-2018 nas estradas luxemburguesas – FONTE STATEC

Do total de 509 peões feridos entre 2016 e 2018, 54% eram mulheres (275). 83% dos peões feridos ou mortos eram residentes.

Este documento do STATEC foi publicado no âmbito de uma campanha de conscientização conjunta do Ministério da Mobilidade e Obras Públicas, Segurança Rodoviária e Polícia.

Publicidade