Foi uma noite de sábado violenta e de rebelião na Unidade de Segurança (UNISEC) juvenil, em Dreiborn, no Luxemburgo.

Um grupo de jovens recusou-se a regressar aos seus quartos e os funcionários da UNISEC  – unidade que acolhe menores por decisão das autoridades judiciárias – tiveram que chamar a polícia.

De acordo com a imprensa nacional, tudo começou quando um grupo de 6 jovens se recusou a voltar aos seus quartos, por volta das 22:15.

Chamada ao local, a polícia tentou sem sucesso intervir junto dos jovens, que não cooperaram e, pior, partiram para a agressão física.

O grupo de jovens terá agredido os agentes da polícia e os trabalhadores das instalações, atirando objecto e, depois, entrando em confronto físico.

A polícia conseguiu, entretanto, controlar a rebelião, mas três agentes ficaram feridos.

Por ordem do Ministério Público, dois dos jovens jovens foram transferidos para a prisão de Schrassig.

Para além dos 3 agentes feridos, 4 funcionários do estabelecimento e três jovens tiveram que passar pelo hospital para observação devido a ferimentos.

Para além dos feridos, há “danos materiais consideráveis” nas instalações da UNISEC provocados durante o motim.

Não se sabem os motivos que levaram os 6 jovens a regressarem aos seus quartos e a iniciarem a rebelião.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade