O Governo do Luxemburgo pretende contratar cerca de 300 guardas prisionais nos próximos dois anos, com o objectivo de reforçar o seu efectivo, nomeadamente por causa da abertura da nova prisão de Uerschterhaff, em Sanem, prevista para 01 de janeiro de 2023.

O Orçamento do Estado para 2021 prevê um envelope financeiro destinado ao recrutamento e aos custos da formação de 168 guardas prisionais. Para 2022, estão previstos mais 108 formandos.

Em 2021, o Ministério da Justiça receberá 1% do Orçamento do Estado, cerca de 200 milhões de euros, sendo que dois terços desse montante destinados aos pagamento de salários.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade