Arcebispo do Luxemburgo Jean-Claude Hollerich / Arquivo Maio de 2012, em Wiltz. FOTO: Paulo Dâmaso / LUX24

O arcebispo do Luxemburgo, Jean-Claude Hollerich, é esta tarde elevado a Cardeal numa cerimónia no Vaticano, presidida pelo Papa Francisco, tornando-se no primeiro luxemburguês a fazer parte do Colégio Cardinalício.

Jean-Claude Hollerich, de 61 anos, é um dos 13 eclesiásticos elevados a cardeal e passará a integrar o colégio dos sagrados cardeais da Igreja Católica, sendo um dos conselheiros mais próximos do Papa Francisco.

Jean-Claude Hollerich é arcebispo do Luxemburgo desde outubro de 2011.

Português Tolentino de Mendonça elevado a cardeal em outubro

Também o arcebispo português Tolentino de Mendonça vai ser hoje elevado a cardeal, no Vaticano.

De acordo com a agência Ecclesia, o também bibliotecário do Vaticano torna-se assim no sexto cardeal português do século XXI e no terceiro a ser designado no actual pontificado.

O arcebispo português Tolentino de Mendonça – FOTO DR / Todos os Direitos Reservados

O madeirense junta-se aos cardeais José Saraiva Martins, Manuel Monteiro de Castro, Manuel Clemente e António Marto e José Policarpo, falecido em 2014.

Em 26 de junho, o vice-reitor da Universidade Católica e diretor da Faculdade de Teologia, José Tolentino de Mendonça, foi indigitado como arquivista e bibliotecário do Vaticano, cargo para o qual lhe foi atribuído o título de arcebispo.

Tolentino de Mendonça ficou a tutelar a mais antiga biblioteca do mundo, substituindo Jean-Louis Bruguès, que assumiu o cargo em 2012.

Publicidade