[arquivo] Caixa multibanco assaltada e destruída com explosivos em Bascharage, em 18 de março de 2022 - FOTO © PAULO DÂMASO / LUX24

Uma caixa multibanco foi assaltada e destruída com recurso a explosivos, esta terça-feira (22) de madrugada em Esch-sur-Sûre, no Luxemburgo. É o segundo caso em menos de uma semana, depois do assalto de sexta-feira em Bascharage.

De acordo com as autoridades o assalto desta madrugada aconteceu por volta das 02:00, na rue du Moulin, no centro da cidade de Esch-sur-Sûre.

Para além da destruição causa, não há feridos a registar.

Os assaltantes conseguiram fugir “sem serem vistos“, explicou a polícia em comunicado.

Foi aberta uma investigação ao caso, o 14° do género no Luxemburgo desde março de 2018.

UMA LONGA LISTA

Pelas conta do LUX24, o assalto da última madrugada é já o 14° semelhante em que caixas multibanco (ATM) são assaltadas, destruídas e/ou vandalizadas no país desde março de 2018. Pelo menos que seja do conhecimento público.

O último caso conhecido tinha sido registado junto ao centro comercial Cactus, no passado dia 18 de março de 2022. Antes um outro, praticamente no mesmo local, em novembro de 2021.

Por todo o país, várias caixas multibanco foram assaltadas e/ou destruídas com explosivos, desde março de 2018:

Niederanven (21 de março de 2018), Heiderscheid (9 de junho) , Hosingen (9 de julho), Wincrange (fevereiro de 2019), Remich (outubro de 2019) e Mersch (outubro de 2019).

No ano passado, a 25 de julho de 2020, uma caixa multibanco foi vandalizada em Pommerloch, a 06 de agosto em Weiswampach, e na madrugada do dia 04 de setembro em Grevenmacher.

Em 05 de setembro de 2020, outra caixa ATM foi com recurso a explosivos em Pommerloch. Outro em 19 de novembro de 2020, em Wormeldange e ainda em Wincrange em março de 2021.

ND // ND

 

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade