Casemates du Bock – FOTO: Paulo Dâmaso / LUX24

As fortificações do Bock (‘Casemates du Bock’) registaram um novo recorde de afluência e receberam 152.223 visitantes em 2019, sendo o local turístico mais visitado da capital do Luxemburgo.

Depois de terem sido visitadas por mais de 130 mil pessoas em 2018, este ano, as fortificações ultrapassaram pela primeira vez a barreira dos 150.000 visitantes.

Agosto foi o mês mais ‘concorrido’, com 29.326 visitantes, dos quais 4.219 participantes em visitas guiadas.

Abertas ao público pela primeira vez em 1933, as ‘Casemates du Bock’ são uma verdadeira lição de História.

Fortificações do Bock são património mundial da UNESCO – FOTO: Paulo Dâmaso / LUX24

As primeiras foram construídas em 1644, sob domínio dos espanhóis, depois ampliadas pelos austríacos em 1745/46. Acabariam por ser desmanteladas em 1867.

Com capacidade para 1.200 soldados e diversa artelharia pesada, as fortificações do Bock fazem parte de uma rede de 23 quilómetros de galerias subterrâneas, divididas por vários andares e até 40 metros de profundidade.

Este ano as ‘Casemates du Bock’, Património Mundial da UNESCO desde 1994, estiveram abertas ao público entre o dia 01 de março e o dia 03 de novembro.

Casemates du Bock – FOTO DR
Publicidade