O jogador Chris Lopes da Graça – FOTO: Stef Guillaume / Facebook / Todos os Direitos Reservados

O clube de futsal Red Boys Aspelt, da Divisão 1 do campeonato luxemburguês da modalidade, foi multado em 500 euros por atitudes racistas dos seus adeptos, conta hoje o jornal Contacto.

Tudo aconteceu durante o jogo entre o CS Fola e o Red Boys Aspelt, realizado no passado dia 3 de novembro. Cada vez que o jogador Christopher da Graça (CS Fola) tocava na bola os adeptos do Red Boys – equipa maioritariamente composta por jogadores croatas – faziam imitações de macacos.

Christopher da Graça, de 27 anos, jogador do CS Fola Futsal, nasceu no Luxemburgo e é de origem cabo-verdiana. A cor da sua pele terá sido o mote para a discriminação dos adeptos do Red Boys, também eles imigrantes no país.

Perante os factos, a Federação Luxemburguesa de Futebol (FLF) condenou, no dia 08 de novembro, o Red Boys Aspelt a pagar uma multa de 500 euros. O caso foi ainda entregue às autoridades policiais que abriram uma investigação ao sucedido.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade