Café Chez Nadia, em Esch/Alzette - FOTO: Julien Garroy / Le Quotidien / Arquivo / Todos os Direitos Reservados
Café Chez Nadia, em Esch/Alzette – FOTO: Julien Garroy / Le Quotidien / Arquivo / Todos os Direitos Reservados

A gerente do café Chez Nadia, em Esch/Alzette, foi esta quinta-feira (23) condenada a um ano de prisão efectiva (quatro anos de cadeia, mas três com pena suspensa) e ao pagamento de uma multa de 10.000 euros pelo Tribunal do Luxemburgo.

A ex-gerente, de 43 anos, ficará ainda impedida de explorar qualquer café durante um período de 10 anos.

De acordo com a sentença lida ontem, o estabelecimento – que servia para o tráfico de droga – será definitivamente encerrado ao público.

Para além da gerente do café, outras 14 pessoas sentaram-se no banco dos réus, com o tribunal a condenar os envolvidos a penas entre os seis meses e os três anos de prisão efectiva.

Em causa estava o uso daquele café para o tráfico de droga (cocaína, canábis e haxixe), que culminou, em Outubro de 2018, com uma mega-rusga levada a cabo por 130 polícias.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade