A polícia luxemburguesa, através do seu departamento de crimes financeiros e económicos, prendeu um homem, de 53 anos, por fortes indícios da prática de vários crimes de burla.

A detenção, que aconteceu na passada segunda-feira (13), mas só hoje foi anunciada, aconteceu “após intensas investigações”.

O homem, residente no país, é suspeito de ter enganado vários empresários luxemburgueses, incluindo lojas de joias e roupas, bem como empresas de viagens.

O valor das burlas, cometidas nos últimos três anos, ascenderá a “várias centenas de milhares de euros”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, na sequência do qual lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade