A polícia luxemburguesa, através do seu departamento de crimes financeiros e económicos, prendeu um homem, de 53 anos, por fortes indícios da prática de vários crimes de burla.

A detenção, que aconteceu na passada segunda-feira (13), mas só hoje foi anunciada, aconteceu “após intensas investigações”.

O homem, residente no país, é suspeito de ter enganado vários empresários luxemburgueses, incluindo lojas de joias e roupas, bem como empresas de viagens.

O valor das burlas, cometidas nos últimos três anos, ascenderá a “várias centenas de milhares de euros”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, na sequência do qual lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade