(de g. à dr.) Pascale Toussing, directrice de l'Administration des contributions directes ; Pierre Gramegna, ministre des Finances ; Marc Hansen, ministre délégué à la Digitalisation ; Patrick Houtsch, directeur du Centre des technologies de l'information de l'État (Photo: ©MinDigital)

A declaração anual de impostos no Luxemburgo vai passar a ser 100% digital já a partir de 2022, anunciou o Governo através dos ministros das Finanças, Pierre Gramegna, e da Digitalização, Marc Hansen.

De acordo com as explicações dadas pelos dois ministros, a declaração de impostos digital estará disponível a partir de 07 de fevereiro de 2022.

O documento para os contribuintes individuais, trabalhadores residentes ou não-residentes no país, sob certas condições, será “totalmente digital”, desde o preenchimento até ao processamento pela administração das contribuições directas.

Inicialmente, 70% dos contribuintes individuais poderão beneficiar destas simplificações administrativas.

O novo modelo digital estará disponível no portal MyGuichet.lu, o portal do cidadão no Luxemburgo.

No entanto, o Governo permitirá ainda a tradicional declaração em papel, por considerar que existem famílias sem acesso à Internet.

ND // ND

 

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade