O ministro luxemburguês da Habitação, Henri Kox - FOTO ©Sip / Yves Kortum

O Governo do Luxemburgo revelou hoje que decidiu prorrogar o congelamento do aumento do valor das rendas de casa até Junho de 2021, por causa da pandemia do Covid-19.

Em comunicado, o Executivo luxemburguês sublinha que a medida tem em conta “a magnitude da crise económica e sanitária associada à pandemia da covid-19”.

“[Essa crise] Pode fazer com que muitos inquilinos sejam confrontados com dificuldades económicas e financeiras, sobretudo se o proprietário aumentar o arrendamento nestes tempos difíceis”, refere o comunicado do Ministério da Habitação.

“O Governo fará todos os possíveis para aliviar o impacto económico da pandemia sobre a situação das pessoas com baixos rendimentos. Essa medida de congelar os aumentos das rendas é uma delas”, afirmou Henri Kox, o ministro luxemburguês da Habitação.

A medida coincide com o prorrogação do desemprego parcial e o reforço de apoio financeiro a vários sectores, hoje anunciada pelo Governo.

De acordo com os dados oficiais, o país contabiliza agora um total de 219 mortes e 25.931 casos de infecção por Covid-19, desde que foi conhecido o primeiro caso no país no final de fevereiro de 2020.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade