O ministro das Finanças do Luxemburgo, Pierre Gramegna, em entrevista à RTL, 10.40.2020 - FOTO: © Didier Weber / RTL Télé Lëtzebuerg / Todos os Direitos de Autor Reservados
O ministro das Finanças do Luxemburgo, Pierre Gramegna, em entrevista à RTL, 10.40.2020 – FOTO: © Didier Weber / RTL Télé Lëtzebuerg / Todos os Direitos de Autor Reservados

O Produto Interno Bruto (PIB) do Luxemburgo em 2020 deve contrair “4 a 5%” de acordo com a estimativa do Fundo Monetário Internacional (FMI), devido à pandemia do coronavírus Covid-19.

Este valor foi revelado pelo ministro das Finanças, Pierre Gramegna, em entrevista à RTL.

Ora, segundo Gramegna, o PIB do Luxemburgo deverá cair “4 a 5%” em vez da subida esperada anteriormente de 2,3%.

Pierre Gramegna admitiu à RTL que a crise provocada pelo Covid-19 “terá um impacto sem precedentes” num “reduzido espaço de tempo” nas finanças públicas do Grão-Ducado.

O detentor da pasta das Finanças não consegue antever a magnitude do impacto económico do Covid-19 para o Luxemburgo, tanto mais que não são ainda conhecidas a duração do estado de crise nem a estratégia de saída gradual pós-Covid-19.

De uma coisa, Gramegna tem a certeza: o Orçamento do Estado para 2020 não será aplicado conforme o inicialmente planeado.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade