O partido nacionalista ADR defendeu a reabertura completa de cafés e restaurantes no Luxemburgo e criticou algumas das medidas governamentais em vigor por causa da pandemia da Covid-19.

Em comunicado, o Partido Reformista da Alternativa Democrática (ADR) saúda a reabertura das esplanadas de cafés e restaurantes prevista para o próximo dia 07 de abril, mas pede ao Governo a abertura “completa” dos estabelecimentos do sector Horesca, ainda que sob medidas de segurança.

O ADR crítica algumas medidas impostas pelo Governo, como o recolher obrigatório em vigor e o limite do número de convidados que se pode receber em casa.

O partido nacionalista considera que são medidas que restringem direitos fundamentais de um Estado de Direito e, por isso, pedem a sua “abolição”.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade